Como começar a empreender com pouco dinheiro.


Você está que é só animação para iniciar seu próprio negócio! Talvez você já tenha uma ideia, ou apenas esteja fascinado com a possibilidade de lançar um produto ou serviço e criar sua própria empresa. Você está disposto a assumir alguns riscos como deixar seu emprego atual ou ficar sem receita pessoal por um tempo. Mas há um obstáculo que o impede: falta dinheiro.


Parando pra pensar, isso parece um grande problema, mas a falta de capital pessoal não deve impedi-lo de perseguir seus sonhos. Na verdade, é perfeitamente possível começar a desenvolver um negócio com quase nenhum investimento financeiro pessoal - se você sabe o que está fazendo.



Por que uma empresa precisa de capital inicial?


Vamos dar uma olhada em por que uma empresa precisa de dinheiro em primeiro lugar. Não existe uma taxa fixa de "inicialização" para a construção de um negócio, então é claro que diferentes empresas terão diferentes necessidades. É importante primeiro estimar o quanto você precisa, antes de começar a encontrar métodos alternativos para financiar sua empresa.


Vamos considerar alguns possíveis gastos:


  • Licenças e Autorizações - Dependendo da sua região e área de atuação, você precisará de papelada especial e registro para operar.

  • Suprimentos - Será necessário compra e estoque de matérias-primas? Quanto de TI (computadores, impressoras, rede e outros) será necessário investir e manter?

  • Equipamentos - Você precisa de máquinas ou software específicos?

  • Escritório - Esta é uma despesa enorme, e você não pode negligenciar coisas como locação de espaço, reestruturação do local, mobiliário, despesas como água, luz, internet e outros.

  • Despesas operacionais – Gastos administrativos da sua empresa.

  • Marketing - afinal seu futuro cliente precisa saber que você existe.

  • Despesas legais e contábeis - Você está consultando um advogado e/ou contador durante todo o seu processo de desenvolvimento de negócios?

  • Empregados e contratados - Se você não pode fazê-lo sozinho, você precisará de pessoas em sua folha de pagamento, não é?


Com isso dito, você terá dois caminhos principais para começar seu negócio com menos dinheiro: baixando seus custos ou aumentando o capital disponível de fontes externas.



Ok, mas como começar a empreender com pouco dinheiro?


Pois é, o que mais ouço por aí, são pessoas dizendo que ainda não tem seu negócio próprio porque não tem dinheiro suficiente para começar. Mas ao mesmo tempo não criam seu plano de negócios e nem estudam a viabilidade da sua ideia.



Que tal começar trabalhando com alguma coisa que você já conhece?


Já parou pra pensar em empreender com aquilo que você conhece? Essa é uma dica para quem quer começar a empreender, mas não tem muito dinheiro. Você desenvolve seu negócio a partir das suas habilidades e evita precisar de alguma assistência externa. Alguns exemplos são pessoas que fazem doces e salgados caseiros, decoração de eventos, atividades ligadas ao bem estar como massoterapeutas e personal trainers.



Evite gastos desnecessários


Quem está começando precisa aprender a controlar gastos. Algumas despesas serão necessárias para um pontapé inicial, como por exemplo compra de materiais, confecção de cartões de visita, criação de site (compra de domínio, design, etc), lembrando que tudo dependendo de cada negócio, é claro.

Mas que tipo de gastos eu posso cortar? Bom, que tal rever sua TV por assinatura por exemplo. Será que vale o pacote completo? Seria interessante reduzir o plano para um pacote mais básico ou até mesmo arriscar um desconto junto a operadora? Pense nisso!



Home office ou Coworking?


Uma ótima oportunidade de economizar é trabalhar em casa, o famoso home office ou fazer uso dos espaços de coworking.


Alguns profissionais como arquitetos, advogados, coaches, designers, por exemplo, podem escolher facilmente o primeiro modelo, transformando algum quarto ou área da casa em escritório e apostando no uso da internet para desenvolver suas atividades. Já outros profissionais que seja porque precisam de um endereço comercial, não tem um espaço em casa tranquilo para exercer sua atividade (por falta de espaço físico ou por ter filhos pequenos) e gosta de ter contato com outras pessoas, as salas de coworking podem ser uma saída mais econômica e interessante.


Para quem não conhece, Espaços de Coworking são espaços compartilhados pensados para o trabalho autônomo, geralmente uma casa grande ou um grande sala comercial, oferecendo bastante networking com pessoas de diversas áreas e toda a estrutura para receber seus clientes e desenvolver seu negócio; com um custo menor do que você teria ao alugar uma sala comercial por conta própria. Diversos espaços promovem a interação das empresas que convivem, criando oportunidades de parcerias e novos negócios.



Use e abuse do marketing digital


Quer coisa melhor do que não ter que ficar gastando dinheiro com panfletos, folders e sei lá mais o que e fazer sua divulgação de maneira digital? Essa dica funciona pra todo mundo e é super atual.


Além de ser bem mais barato (ou até de graça, se você já possui muitos contatos em suas redes sociais) é também mais eficiente e rápido. É possível fazer uso de ferramentas de feedback (Google possui várias) e de divulgação. Por isso, faça uso das redes sociais como Facebook, Instagram, Linkedin e outras que você se identifique ou que sejam adequadas a estratégia do seu negócio.



Saiba quem são seus primeiros clientes


Ainda que seu produto ou serviço leve algum tempo para ficar pronto, é importante que você saiba quem é o seu público. O negócio que você quer abrir vai atender que tipo de público? Tem mercado pra isso? Como anda a concorrência? É algo inovador?



Entenda a importância do seu empreendimento


Quem está começando a empreender muitas vezes parte para uma jornada solitária, que envolve muitas horas de trabalho e sem muito descanso. Dependendo do negócio, pode ser que você trabalhe muito mais do que já trabalhou até os dias de hoje, no entanto, sempre é bom dizer que este trabalho é compensado. Você está construindo sua marca e criando um nome do zero, que posteriormente pode render bons frutos.



Conheça suas forças e talentos, desenvolva suas habilidades!


Talvez você tenha vontade de empreender mas acha que ainda não está pronto e que precisa desenvolver algum aspecto. No mundo dos negócios, é preciso lidar com habilidades específicas para reagir de forma positiva às mudanças do mercado, cenário econômico e até mesmo comportamento dos consumidores.


O coaching aplicado ao empreendedorismo vem justamente despertar essas habilidades, capacitar o empresário a identificar mudanças e o surgimento de novas oportunidades, transformando-as em resultados para o negócio.


Quando um empreendedor identifica nitidamente seus pontos fortes e fracos, ele percebe as situações onde eles se aplicam e se permite correr riscos calculados, lidando com os desafios de maneira prática e consciente.

Gostou desse artigo? Compartilhe com os amigos!

Agende sua sessão experimental.

DESTAQUES

INSTAGRAM

PARA ME SEGUIR

  • White LinkedIn Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

RECENTES

CATEGORIAS

ARQUIVOS

COMPARTILHE ESTE SITE

  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon

PARA MELHOR EXPERIÊNCIA, RECOMENDAMOS A VISUALIZAÇÃO DESTE SITE NO NAVEGADOR GOOGLE CHROME.

CURTA A PÁGINA