Erros fatais no envio de currículos!


Muitas empresas atualmente buscam por candidatos que realizam envio de Currículos através de plataformas próprias. Seja no próprio site da empresa ou links de algum site parceiro. Nestes casos é menos provável que você cometa erros no envio do currículo. Geralmente você preenche um cadastro simples, como se fosse um formulário, e anexa o seu currículo (que provavelmente está em alguma pasta dentro do seu próprio equipamento).


Mas e quando o currículo precisa ser enviado por e-mail, você se atenta aos detalhes?


Existem muitos erros cometidos no envio de currículos por e-mail e não estou falando só de erros gramaticais. Abaixo vou abordar algumas das experiências que já observei como recrutador. Vem comigo!



1- Lista de endereço de E-mails


Um dos primeiros grandes erros, senão o maior deles, é o envio do CV para uma lista de pessoas, mesmo que em cópia oculta. Por mais que você pense que está mandando bem, isso tem um efeito muito pior do que imagina. Causa uma péssima impressão porque demonstra uma certa preguiça, além de total falta de respeito, uma vez que a mensagem não está direcionada a uma pessoa ou empresa específica. Ou seja, vem aquele famoso “prezados” no início do texto.


A utilização do plural foi corretamente empregada, mas o fato de indicar que o currículo foi enviado para mais de uma pessoa não é legal.


Outro risco nessa atitude de “esperteza” é do e-mail cair direto na caixa de spam. E, ainda que chegue, não há garantia de que será considerada.

Isso se aplica também com a utilização da plataforma LinkedIn. Muitas pessoas enviam mensagens a vários destinatários e o resultado disso, a não conversão para quem está buscando recolocação. Quanto mais personalizada for a mensagem, maior é a chance do destinatário ler o que você escreveu e assim responder ou encaminhar o seu currículo para alguém que possa lhe ajudar a conseguir emprego.



2 - Currículos sem uma introdução


Recebo com uma certa frequência currículos apenas anexados ao e-mail e sem qualquer outra informação como mensagem.


Se você vai ter a atitude de buscar por uma oportunidade do seu interesse e, esperamos que obviamente compatível com o seu perfil profissional, tenha uma introdução, se apresente, diga qual é seu objetivo profissional, agradeça no final e deixe seus contatos como número de celular ou até mesmo link do perfil LinkedIn.



3 – Putz, esqueci o anexo!


Você viu a vaga, é perfeita para o seu perfil, elaborou um e-mail direcionado para a vaga e recrutador, mas na hora de enviar esqueceu de anexar o currículo.

Bom, isso eu acredito que já tenha acontecido com todo mundo. Para evitar esse tipo de problema, que tal um check list? Pense nos itens que precisa incluir nesse tipo de envio de E-mail e verifique tudo antes de clicar em enviar. Como por exemplo:


  • Anexar currículo

  • Carta de apresentação se aplicável

  • Formatação

  • Correção gramatical



4 – Versão Abril de 2018 (completo, resumido, Port, Eng e Etc…)


Ainda que tenha apenas uma versão do seu currículo, seja devido a experiências e conhecimentos, é muito importante que se atente as atualizações que você naturalmente vai fazendo ao seu currículo.


Às vezes mesmo que não tenha algo a acrescentar como uma nova formação ou certificação, um pequeno dado pode ter se modificado como telefone para contato, última experiência profissional ou até mesmo seu objetivo profissional, por isso reveja sempre a versão que está sendo enviada.


Como muitas vezes pessoas acabam por utilizar e-mails anteriores, apenas encaminhando o currículo, pode ser que o arquivo anexado não seja o mais recente e atualizado. Que tal ir criando versões para o seu controle?


Uma dica que passo aos meus clientes e realizo nos meus próprios currículos é o de salvar qualquer última atualização com o mês/ano/versão/idioma. Ex: Abril_2018_Completo_Ing , que seria meu currículo em inglês versão completa de abril de 2018.


Ah, evite também arquivos salvos com nomes como: me_de_um_emprego.doc ou preciso_trabalhar_urgente_cv.doc , acredite, existem esses nomes em curriculos.



5- QR code, Link externo, Google drive e outras modernidades.


Com a criação de supervírus, ataques digitais, sequestros de contas de e-mail e cobranças de bitcoins, raramente ou nunca na vida, um recrutador de empresa irá acessar ou clicar em algum link ou plataforma que ele desconheça, mesmo que o e-mail ainda contenha uma informação prévia atestando ser um candidato.


Não faço download de nenhum material externo e desconhecido! Nunca! Vai direto para pasta de spam! Somente quando conheço a pessoa que está enviando e ainda assim realizou um contato previamente por telefone ou mensagem me informando que está enviando um link ou qualquer outro arquivo que necessita download.



6 – Formatação


Ctrl C e Ctrl V salva a vida de todo mundo, não é? Mas tem horas que é fatal. É super comum um corta e cola daqui, um outro ali e o ajuste do currículo começa a ficar atualizado mas…. Fora de formatação. Aí vai com uma letra verdana no topo, outra calibre no meio em negrito, pontos de tópicos em uma parte e números na outra e quando você vê, recebeu um currículo todo retalhado.


A percepção do recrutador é que todo o texto é uma cópia mas tem solução. No office existe uma ferramenta de pincel de formatação, que ajusta o texto, de modo que ele fique inteiramente formatado com as mesmas características de uma parte copiada anteriormente. Então escolha uma formatação padrão, clique no pincel e arraste documentos abaixo.


Mas Raphael, isso é besteira! O que importa é o conteúdo…

Pode parecer besteira, mas lembre-se de quem em um processo seletivo, você é avaliado desde o primeiro momento que se candidata à uma oportunidade. Esse tipo de coisa pode levar o recrutador a concluir que você não é organizado, atento a detalhes e pode eliminá-lo antes de qualquer contato se forem competências necessárias a vaga que se candidatou por exemplo.



7 – Linguagem


É muito comum que os currículos e cartas de apresentação tenham erros de português e isso depõe contra você mas além disso, fique atento ao modo como se comunica. É importante para a sua imagem profissional utilizar uma linguagem adequada a vaga, empresa e pessoa que está contatando.

Essa dica da linguagem é fundamental para durante uma entrevista de processo seletivo, onde por vezes já tive experiências de candidatos que faziam uso de muitas gírias, expressões preconceituosas e até palavrões.



Espero que essas dicas e explicações possam auxiliar você na busca por recolocação profissional, construção de currículo e envio para oportunidade. Se precisar de ajuda para atualizar seu currículo, perfil LinkedIn e não sabe como, entre em contato e tire suas dúvidas sobre o programa de recolocação profissional.


Nesse programa trabalhamos métodos que geram autoconhecimento como base do processo de transformação, avaliação e reestruturação de currículo, perfil LinkedIn (se aplicável), fazemos simulações de processo seletivo com feedback e muito mais.

Gostou desse artigo? Compartilhe com os amigos!

Agende sua sessão de coaching.

DESTAQUES

INSTAGRAM

PARA ME SEGUIR

  • White LinkedIn Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

RECENTES

CATEGORIAS

ARQUIVOS

COMPARTILHE ESTE SITE

  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon

PARA MELHOR EXPERIÊNCIA, RECOMENDAMOS A VISUALIZAÇÃO DESTE SITE NO NAVEGADOR GOOGLE CHROME.

CURTA A PÁGINA