Soft Skills



Com o avanço das transformações no mercado e nas relações de trabalho, cada vez mais empresas estão percebendo que precisam de colaboradores com habilidades que vão muito além da técnica. Soft skills são competências relacionadas ao comportamento do indivíduo, muito mais atreladas à personalidade e às experiências, do que à formação profissional. Conheça algumas soft skills para desenvolver!


Reconhecer e ampliar suas capacidades é tão importante quanto ter uma formação específica na área de atuação. Se você ainda não começou a trabalhar seu desenvolvimento pessoal, estabeleça metas. Busque treinar sua inteligência emocional tanto no trabalho como em situações do cotidiano e, sempre que possível peça feedback para as pessoas próximas.


Neste conteúdo, você vai entender o que são as softs skills, assim como conhecer 15 que os candidatos precisam desenvolver para se destacar no mercado de trabalho. Acompanhe!




O que são soft skills?


Soft skills são as habilidades ligadas ao comportamento do colaborador. Ou seja, é a sua capacidade de desenvolver uma relação positiva com o trabalho e seus colegas, influenciando positivamente o ambiente. A inteligência emocional e o relacionamento interpessoal são exemplos de soft skills.


Durante um processo seletivo, muitos candidatos aparecerão cumprindo os requisitos especificados: formação acadêmica, fluência em idiomas, especialização, cursos técnicos, etc. Todas essas habilidades trarão aptidão para cumprir as exigências da vaga. No entanto, muitas vezes são as soft skills que farão a real diferença entre um concorrente e outro.


Algumas pessoas parecem ter certas habilidades inatas, como a criatividade ou a organização. Porém, com um bom autoconhecimento, é possível aprimorar essas qualidades que já se manifestam espontaneamente e ainda desenvolver outras, que trarão destaque para um cenário de negócios tão competitivo.


É possível desenvolver soft skills ao longo do tempo, para tanto, é preciso procurar o autoconhecimento e perceber o seu papel dentro da organização. A seguir, listamos 15 dessas habilidades para você conhecer.



Quais as 15 habilidades para desenvolver?


A seguir, listamos as 15 habilidades que os candidatos precisam desenvolver para conseguir se destacar no mercado de trabalho. São características que podem ser adquiridas com o passar dos anos de trabalho, desde que haja uma verdadeira percepção.


1. Comunicação eficaz

Essa é a principal aptidão que deve ser desenvolvida, e não apenas no meio profissional. É indispensável ter a capacidade de se fazer entender de maneira clara e eficaz, sempre levando em consideração seu público-alvo.


Mas comunicar não é apenas expressar, como também saber ouvir atentamente e contextualizar o que é transmitido. Tenha em mente que dosar o que é dito e quanto é dito — ou escrito — além de sinal de inteligência pode interferir diretamente na sua produtividade.


2. Escrita

Muitas relações de trabalho se dão por e-mails, contratos ou algum tipo de programa de mensagens instantâneas. Saber escrever corretamente é garantir uma boa comunicação e aprimorar sua imagem como colaborador.


Vale lembrar que muitas pessoas acreditam que e-mail não tem “tom de voz”, mas a escolha dos verbos e colocação da frase trazem formas diferentes de se expressar, portanto, é fundamental tomar cuidado e escolher com cuidado a construção frasal.


3. Empatia

Essa soft skill também se relaciona diretamente com a comunicação. Ela que vai ajudar a liderar e obter maior dedicação de seus parceiros de equipe. Colocar-se no lugar do outro é tratar todos com respeito e educação, principalmente em situações mais difíceis.


Dessa maneira, é possível criar espaço para pedir e dar feedbacks, ferramentas fundamentais para o crescimento profissional. É por meio dessa conversa que você poderá entender os seus pontos fortes e de melhorias.


4. Colaboração

Trabalhar bem em grupo é essencial para construir um grupo de alto rendimento. É nesse momento que temos várias cabeças pensando juntas para um objetivo em comum, os que faz com que as habilidades de cada um se complementem.


A colaboração é fundamental para o clima organizacional. Um ambiente de trabalho colaborativo é mais saudável para os colaboradores e ajuda no estreitamento das relações entre eles.


5. Organização ou planejamento

Fundamental para aumento da eficiência e qualidade do trabalho. Ser um profissional organizado faz com que haja economia de tempo, pois as informações são encontradas de forma mais rápida.


Além disso, você diminui sua suscetibilidade aos erros relacionados à desatenção. Dessa forma, o profissional passa uma imagem de maior competência, podendo influenciar de maneira positiva os colegas.


6. Flexibilidade

Cada vez mais o mercado exige que os profissionais saibam se reinventar. Novas demandas surgem a cada dia, tanto para futuros desafios quanto para cargos já em vigência.


Para ser um talento de destaque, é necessário mostrar essa versatilidade tanto no currículo quanto na sua rotina empresarial e emocional.


7. Resiliência

A resiliência é necessária, principalmente, em momentos de crise. Entender como superar as adversidades e, muitas vezes, recomeçar, demonstra maturidade e força. Não é uma habilidade fácil de desenvolver, pois é necessário ter passado pela experiência de situações difíceis.


É preciso compreender que errar faz parte do processo de aprendizagem e, dessa forma, persistir até conseguir finalizar ou avançar em determinado processo.


8. Trabalhar sob pressão

Mesmo nos melhores ambientes de trabalho, por algumas vezes, acontecem situações desafiadoras e/ou inesperadas que exigem muito equilíbrio emocional para que o rendimento e os resultados não sejam afetados.


O segredo aqui é gerenciar o estresse sem perder o foco. Saber o momento de respirar e não se agarrar aos problemas, mas sim às soluções e possibilidades.


9. Capacidade de resolver problemas

Os bons observadores e detalhistas podem ter vantagem em desenvolver essa skill, que é uma das mais procuradas no mercado. Porém, além da capacidade de análise de um quadro, também é necessária a destreza para tomar uma decisão da melhor forma possível.


10. Pensamento criativo

É a criatividade que nos permite inovar e buscar melhorias e soluções em todos os âmbitos de um negócio. Essa capacidade é desenvolvida com muito estudo e aprendizado com as experiências.


11. Relacionamento interpessoal

Além das relações necessárias e estabelecidas dentro da própria equipe, há muitas áreas dentro de uma organização que conversam entre si. Uma boa conexão entre colaboradores de diferentes áreas (Recursos Humanos e Financeiro, por exemplo) ajuda a atingir melhores resultados.


12. Liderança

Exercer uma boa gestão de pessoas implica saber motivar e engajar as pessoas do seu time, identificando as melhores competências de cada um, sabendo aplicá-las em prol das metas estabelecidas. Ser um bom líder também significa mostrar segurança e dar exemplo.


13. Visão geral

Ter uma real dimensão do todo, mostra que o profissional está integrado com a dinâmica da empresa, seus objetivos e sua metodologia. Essa é uma ferramenta muito importante na hora de propor mudanças ou criar expectativas, pois causa impacto em toda a estrutura organizacional.


14. Negociação

Buscar atingir objetivos que satisfaçam as duas ou mais partes envolvidas. Para isso, essas partes devem ter um mesmo propósito final, como uma venda, a assinatura de um contrato ou a preenchimento de uma vaga de trabalho.


Até mesmo a flexibilização de um horário ou prazo de entrega de um relatório são decididos por meio de pequenas negociações internas. É preciso saber conduzi-las com naturalidade e estratégia.


15. Ética

Desenvolvida ao longo da vida, é formada por valores individuais e coletivos. Diferencial bastante importante, principalmente no meio corporativo, que pode gerar situações tensas e competitivas. Em um cenário ideal, é ela que dá a sustentação para que as outras soft skills se desenvolvam.



Essas são as soft skills mais buscadas e necessárias. Contudo, levando em consideração toda a questão da pandemia e isolamento social, eu incluiria nessa lista a adaptabilidade.


Adaptabilidade

Não é todo mundo que consegue se adaptar bem as mudanças, mas isso é uma habilidade muito importante no mercado de trabalho, pois mesmo que haja planejamentos e estratégias a serem seguidos, o percurso das coisas pode mudar. Então, é necessário saber se adaptar à nova realidade no menor tempo possível, para conseguir lidar com as demandas do trabalho e até mesmo evitar prejuízos.


Desde que o coronavírus chegou no Brasil, diversas empresas tiveram que mudar o modus operandi, uma vez que, o home office se tornou necessário como forma de contenção do vírus. Inclusive, muitas companhias passaram a fazer os processos seletivos ou continuaram aqueles que estavam em andamento de forma online. Isso é se adaptar as circunstâncias e conseguir tirar o melhor delas. É importante que os profissionais desenvolvam essa habilidade, porque ela é muito necessária dentro e fora da empresa.




Tão importante quanto desenvolvê-las, é saber identificá-las, tanto na análise de colaboradores que já são membros de uma companhia, quanto durante a captação de futuros talentos. Contudo, diferentemente de capacitação técnica, essas aptidões não são ensinadas facilmente.


Nem todos desenvolvem todas as habilidades de igual forma e intensidade, e isso é natural devido aos diferentes tipos de experiências, pontos de vista e aprendizagem. É isso que garante a singularidade de cada um.


O importante é ter em mente que as soft skills são reflexo de um desenvolvimento contínuo e sempre sujeito a aperfeiçoamento. Assim sendo, vale a pena buscar fortalecer e reconhecer as capacidades de acordo com o autoconhecimento e as exigências do mundo corporativo atual.


Fonte: Sólides


Gostou desse artigo? Compartilhe com os amigos!

Aproveite e siga o Instagram @raphael.araujo.rh

para outras dicas de carreira e conteúdo motivacional.


DESTAQUES

INSTAGRAM

PARA ME SEGUIR

  • White LinkedIn Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

RECENTES

CATEGORIAS

ARQUIVOS